domingo, 16 de agosto de 2015

O dom de toda poesia

Para manhãs flores
Para tardes sabores
Café pão emoção
Simplicidade das sensações
Para as noites abraço
Corações no mesmo compasso
Emoções fluidas do amor
Para o sonho cores
Estrelas perfumadas
Para as pessoas amadas
O dom de toda poesia

Manu Kelé!


Nenhum comentário:

Postar um comentário