quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Impossível

Quantas estrelas terei que te dar pra você acreditar no meu amor?
Quantas madrugadas acordadas de emoção pra você sentir essa paixão?
Quantas letras juntarei em poemas sem fim pra você acreditar em mim?
Quantas vidas tenho que percorrer pra estar perto de você?
Quantas luas crescentes vou despertar?
Quantas auroras vou pintar?
Qual impossível vou proporcionar pra minha poesia nos encontrar?

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário