sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Fios coloridos

Tento acalmar o verso
Respirando o azul
Pensando sempre em tu
Ou ouvindo Jeneci
Daqui da ponta dessa estrela
Só enxergo teu brilho
No trilho dessa viagem
Me largo por um caminho indecifrável
Estou encontrado em melodias que o coração desconhece
E quando anoitece no verbo é hora de sonhar
Depois acordar a realidade
E tecer em fios coloridos
A liberdade do amor que cabe em nós.

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário