sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Primeira poesia

A primeira poesia,
Estrelas vazias?
Lua cheia?
Chuva fina?
Sol lilás?
O que há por traz do pensamento?
Um poeta insano?
Um anjo pecador?
Um pescador de sete mares?
Pares e mais pares de letras agudas,
Não apagarão jamais a loucura do verbo.
E a primeira poesia do ano,
Entrará por um infinito cano
E sairá em flores que giram feito ciranda na minha imaginação!

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário