quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Cores do amanhecer

As cores que despetalavam das palavras,
Deixavam o céu tonto,
O coração congelava os sentidos,
A emoção do olhar,
Fazia estrela cantar,
Voz e luz,
O som do verso varava noite a dentro,
O alimento de toda inspiração,
Vinha da sensação das cores do amanhecer.

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário