terça-feira, 14 de janeiro de 2014

O beija-flor

Meus sentidos voaram com o beija-flor,
Olhos e ouvidos ligados,
Nas cores,
No som.
Dom de passarinho é liberdade,
É verdade,
Quase toda cidade.
Quase todo progresso,
Não combinam com o que é natural,
Mas existe uma certeza,
Quando o capital for menos importante,
A humanidade a cada instante,
Defenderá a natureza!

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário