sábado, 26 de setembro de 2015

Poetizar

A poesia abriu as portas da noite
Clareando meus sentidos
Com o teu olhar
Te querer é tão suave
Que flutuo inspiração
Voo coração
Pouso musicalidade
Esqueço as dores da cidade
Na certeza de poetizar tua beleza.

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário