sábado, 12 de setembro de 2015

Casa da luz vermelha


















A casa tinha luz vermelha
E quando o sol batia nas telhas
Nasciam flores douradas
Era perto do mar
Quem morava nela
Gostava de amar
Era próxima ao céu
Em todas as janelas fuxico e véu
Era perto de nós
A voz do vento da casa
Encantava a poesia
Noite e dia
Os corações que a habitavam
Se inspiravam de emoção e bem querer.

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário