domingo, 20 de setembro de 2015

Verso doído

Por que as estrelas fazem tanto silêncio?
Por que o sol vive tão sozinho?
Por que o mar precisa de carinho?
Por que o céu precisa respirar?
Por que os Deuses precisam amar?
Por que o mundo gira poesia?
Por que palavras querem voar?
Por dentro ?
Por fora?
Desse verso doído que não quer silenciar?

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário