domingo, 4 de maio de 2008

Desejo

Meu desejo corre
Estrela cadente,
Melhor aguardente
do botiquim.

Meu desejo escorre sedento
prazeroso momento,
pensar em você.

Meu desejo chora,
Chuva e lamento
Tempestade e vento
no meu coração.

Meu desejo muda caleidoscópio
Pior do que o ópio
meu vício é te ter.

Meu desejo dorme lua
Acorda dia,
E dança a doce magia de te querer!

Um comentário:

  1. Olá poeta! Suas palavras são alimento para os corações românticos. Suas poesias são lindas demais! Mas o título dessa poesia "Desejo" me fez lembrar de uma outra também de sua autoria, escrita há muito tempo atrás:
    Desejo imperativo, abraço amigo,beijo amigo,sinal verde,interação,o sol que acendeu em mim brilhou em tranças rastas! Lembra? Um abraço poético.

    ResponderExcluir