domingo, 4 de maio de 2008

Borboletas



Borboletas esvoaçantes

Pensamentos errantes,

Silêncio Poético!

Cores do sentimento,

Meu poema ao vento

Mergulhado em você.

Manu Kelé

Nenhum comentário:

Postar um comentário