quinta-feira, 19 de maio de 2016

Desculpa

Desculpa
A culpa é das estrelas?
Cada vez que as vejo
Não consigo te esquecer
Desculpa
Acordar o dia pensando em você
Segundos sem fim respirar o desejo de te ver
Desculpa
Será que foi o destino quem quis?
Eu nessa e noutras vidas eterno aprendiz do teu amor.

Manu Kelé!


Nenhum comentário:

Postar um comentário