segunda-feira, 21 de abril de 2014

Indescritível

Em algumas ocasiões as palavras não tem razão nenhuma para existir, melhor seria o silêncio, só pra sentir as cores tomando conta do olhar, formando poema sem palavras num sentido pleno de alcançar a musicalidade do brilho da lua e estrelas numa noite indescritivelmente linda!

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário