quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Um rio

Um rio de palavras passava dentro de mim, eu me sentia peixe,
Um pedaço de céu me fazia voar, eu me sentia nuvem,
Um sol radiante amarelava o dia, eu me sentia luz,
Um louco poema me dava sentido, eu me tonava a verdade da vida.

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário