domingo, 16 de fevereiro de 2014

Pedaços de palavras

Pedaços de palavras espalhadas por um verso,
Quantas vezes te peço acalma meu coração,
Solfeja aquela canção do Egberto:
"Não espere de mim, nada mais que a paixão",
A ciência nunca explicou o amor,
Por favor  entenda o verbo,
O que sinto por você,
Tem gosto de lua,
Em certas ruas do tempo,
Minguante,
Nas avenidas constante crescente.

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário