sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Sublime amor

Qual a poesia da noite?
O som das estrelas?
O calor da lua?
O barulho da rua?
Tua pele na minha pele?
Que o sentido revele,
Um mar de sossego,
Meu sincero apego,
Ao meu sublime amor!

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário