quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Gosto de te querer

Minhas palavras fizeram poeira,
Tocadas por um som florido,
Cada verso dolorido,
De cores esvoaçantes.

Mar de som,
Notas molhadas,
Palavras acordadas.
Sol  céu saudade.

Minhas palavras sentidas,
Distância corpo tempo,
Teu nome soprado ao vento,
O gosto de te querer.

Manu Kelé!


Nenhum comentário:

Postar um comentário