segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Poesia na boca

Tenho gosto de poesia na boca,
Frio, quente,
Fugaz repente,
Língua afiada..
Tenho gosto de verso no peito,
Coração maduro
Porto seguro
Mar de amor.

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário