quarta-feira, 8 de julho de 2015

Voo a deriva

Me senti em um voo a deriva
Perdido no céu
Silenciei calmarias no verbo
Ancorei palavras nesse verso
Tentando me encontrar
No céu do teu olhar.

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário