quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Qual desejo?

Qual desejo se move?
Quando congelo meu olhar no teu olhar,
Navego oceano de emoção,
Embalo coração sentidos teu cheiro...
Qual desejo se move?
No meu interior,
Quando tua geografia marca poesia,
e penetramos alma na alma,
Corpo só, sangue correndo mesmo coração!

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário