sábado, 1 de março de 2014

Poetizar

A letras não param de imaginar,
Querem fazer da minha cabeça lugar poesia...
De ações que desconsertam o verbo,
Nas traquinagens de
Voar em notas musicais,
Cheirar as cores da vida,
Nadar numa pedra atrevida,
Andar nas águas do mar,
Não posso mais esperar,
Vou gritar o meu silêncio,
Escorregar no vento,
Vou poetizar.

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário