quarta-feira, 17 de julho de 2013

Dialética

Era poeira era palavra,
Um sol vermelho,
Espelho torto imagem reta.
Era tudo invertido,
Vertido feito de linha,
Custura de pano,
Era mar seco,
Céu cheio d´água.
Terra verde,
Arvores amarelas,
Tudo ponta cabeça,
O poema antes que eu esqueça,
Era o contrário do contraditório,
Dialética do quase nada ou tudo!

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário