terça-feira, 26 de maio de 2015

Hora da poesia

Agora é hora de poesia
Deitar sobre as estrelas
Esquecer o dia
Respirar amor
Esquecer a dor
Resistir a toda exploração capital.

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário