sexta-feira, 20 de junho de 2014

Quem te criou?

O peso das palavras não cabem nesse leve verso,
Por isso te peço,
Guarde calado(a) sem voz as cores do céu,
Respire o som e perfume das flores,
Encerre as dores do mundo,
Com o mais profundo e concreto gesto,
Ame-se como ao amor que te criou!

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário