sexta-feira, 6 de junho de 2014

Fogo do amor

Esse fogo do amor que não se apaga,
Colori o céu do sentir todos os dias,
Margia que torna livre a poesia,
E faz o verbo pensar em calma,

Esse vento do amor que não cessa,
Vão diminuindo a nossa pressa,
O esquecimento do tempo é melhor poema,
Pois amar devagarinho vale a pena.

Essa chuva de amor que molha a alma,
Faz um rio de corpo, mar de beijos,
Sacode os nossos desejos,
Anima a vida pra querer setecentas vezes amar.

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário