terça-feira, 13 de maio de 2014

Poema para João Luiz


Era um menino que não tinha limite para o carinho,
Gostava muito de cantar,
Mesmo sendo um pouco desafinado,
Sua alegria acalmava as notas,
De tão bom que era o João foi chamado,
Pois do outro lado do lado de lá,
Onde imaginamos que a vida é melhor do que a nossa daqui,
Estavam precisando da sua alegria,
Como é melhor acreditar que tudo é designo de DEUS,
João Luiz atendeu ao chamado,
Para nós que não nos acostumamos com isso é chato,
Mas aquele que determina o destino está grato,
Pois o João Luiz cumpriu sua missão,
De dar alegria ao nosso coração!!

Manu Kelé!



Um comentário: