terça-feira, 5 de julho de 2016

Segundos macios

A tarde se vai em segundos macios
A noite anuncia estrelas
O verso é confesso de amor
A vida é puro calor
Nós em nós
Olhares línguas soltas
Bocas de amanhecer
De fazer nascer vibrantemente
Um sol ardente de prazer.

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário