terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Ave flutuante

Palavras palavras palavras
 Asas da imaginação
 Meu coração bate suave 
Sou ave flutuante
 Amante  profundo 
Da emoção de te gostar assim tão infinito. 

Manu kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário