quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Diáspora

Um incêndio nas palavras
Esquentou o meu juízo
Respiro as cores desse fogo
Lagarta pintada quem foi que pintou?
A resistência da cor
Da minha vô pra minha mãe
Da minha mãe pra mim
Do quilombo Sítio do meio?
Que venha a nós novo Zumbi
Com machado de Xangô
Traçar os laços de toda beleza dessa diáspora.

Manu Kelé!


Nenhum comentário:

Postar um comentário