sábado, 12 de outubro de 2013

Querem acabar com o rio Cocó

Uma seca lágrima,
Rola rio abaixo no meu pensamento,
Peixe sou quando olho o céu,
Caranguejo quando estou ao vento,
De tudo acontece quando estou pedalando num tempo inventado,
Será que a lama do mangue não serve pra nada?
Por isso os capitalistas querem acabar com o rio Cocó?
Uma parte deles se esvai também?
É suicídio involuntário?
O político otário pensa que ganhando dinheiro,
Tá preservando a vida dos seus e a sua,
A tristeza fica nua,
A verdade tem faces diversas,
A pressa corroí o bom da vida,
Quero mesmo é ficar sem fazer nenhum trabalho,
Até que meu valor humano e o da natureza sejam resgatados!

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário