segunda-feira, 18 de julho de 2011

Palavra avoada

Palavra avoada,
Rima guardada,
Céu da memória,
Pensamento leve.
Deus é quem pede:
Um dia, um poema.
De findador,
De geramor,
De sentivida.
Vento supremo,
Inspirador,
Refrescante ardor,
Deusa Palavra.

Manu Kelé e Eduardo Loureiro!

Nenhum comentário:

Postar um comentário