sábado, 16 de julho de 2011

Adeus

Dizer adeus
É musica sem nota,
Violão sem corda,
Desejo acabado.

Dizer adeus,
É saudade antecipada,
Alma separada,
Dia de sol sem mar!

Dizer adeus,
É tudo que não quero,
Verdade que espero,
Numca enfrentar!

Manu Kelé!

2 comentários:

  1. Muito bom esse poema, gostei.

    ResponderExcluir
  2. Lindo!!! Amei esse poema, me identifiquei demais com ele! Beijos!


    Danielle Sousa

    ResponderExcluir