terça-feira, 20 de agosto de 2013

Palavra sentida

Quis criar um poema,
As palavras apagaram,
Fugiram da criação,
Como se o nada,
Fosse hegemônico,
O Desarmônico e louco stress,
Calou a inspiração,
Mas quando respirei a cor da lua,
A rua do pensamento se iluminou de estrelas.
As palavras foram e tornando verdadeiras,
A dor do silêncio se apagou,
Escrevi poema pequeno e gigante,
De palavra sentida: Amor!

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário