sábado, 22 de junho de 2013

Ar molhado de mar

Enquanto o azul entrava pelo meu nariz, eu sentia na boca o ar molhado de mar, o gosto me fazia crer que a poesia acontece de forma concreta, meus sentidos faziam festa, passava dentro em mim feixe de luz energia positiva.

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário