sexta-feira, 15 de março de 2013

Poesia apertada

Dentro de mim poesia apertada,
Que saí molhada,
Rio perene saudade sem fim!
Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário