sábado, 12 de março de 2011

Saudade sem idade

Saudade...
Sem idade
Tempo ou cor,
Doi no sonho, doi no amor.

Saudade...
Verdade partida,
Memória escondida
Mundo sem fim.

Saudade...
Mesmo no sonho se revela,
E eu era barco sem vela,
Que não encontrava o mar.

Saudade...
Que eu quero findar,
Mas sem te encontrar
Ela vai permanecer.

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário