segunda-feira, 21 de março de 2011

Água da poesia

Beber a água da poesia,
Molhar corpo e alma,
Respirar a calma,
Fauna de palavras coloridas.

Mergulhar no sentimento,
Viver o momento,
Nascer como sol.

Ascender a inspiração,
Transbordar do coração,
Lágrimas sentidas de amor!

Manu Kelé!
Poema musicado por Eduardo Loureiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário