segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Quando poema

Quando poema
Sou...
Teu olhar
Framboyham
O cheiro
Teu corpo
Estrelas
Brilho
Noite
Vermelho
Sentimento
completo
Desejo
Ser teu
Quando poema!

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário