segunda-feira, 2 de maio de 2011

Pátio

Árvore do Pátio,
Fruto de poesia,
Alma que se irradia,
Com palavras encantadas.

Chão de estrelas,
Olhos coloridos,
Pra todos os ouvidos,
O som do coração.

Céu de carneirinhos,
Da cor do teu olhar,
Em todo o luar,
Teu perfume e emoção.

Manu Kelé!

Um comentário:

  1. Belos poemas, Manu.
    Parabéns! Você tem rara inspiração. Que maravilha!

    ResponderExcluir