quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Porta do mar

Que porta do mar se abriu,
Pra sair essa sereia?

Seu sorriso é ouro e prata,
Poesia que encandeia.

O seu corpo som suave,
Doce nave do prazer.

Se chego perto me encanto

Fico perdido de alegria,

Minhas palavras vem do mar,
pra desenhar sua magia.

Que porta do mar se abriu,
Pra sair essa sereia?

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário