segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Cidade dos anjos

Cidade cinza,
Noite do desejo,
Poesia triste,
Lágrima de que resiste.

Velha e doce safra
De verso envelhecido,
Nascido da entranha,
Embebido no sentido.

Cidade dos anjos
Liberdade repartida
Beijo que demora,
Alegria renascida.


Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário