sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Vivo para o amor

Poesia noite dia,
Sol chuva,
Riso raiva
Calma pressa,
Poeta quem confessa...
Vivo para o amor!!

Poesia cores,
Nublado céu,
Chapeu molhado,
Lágrimas de alegria,
Poesia...
Contagia mesmo aos que têm
Um coração selva de pedras....

Manu Kelé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário