terça-feira, 29 de abril de 2008

Meu pai Baobá Homenagem a Francisco Manoel da Silva (Meu Pai)

Meu pai Baobá,
árvore sagrada.
Raízes fincadas
Na Partilha da vida,
A muitos abraçou
Acolheu amou.

Meu pai Baobá,
Sua Energia não se encerra,
No sertão, mar ou serra,
Estarás sempre a trabalhar,
para fazer brilhar
Toda simplicidade de amar
Manu Kelé

Nenhum comentário:

Postar um comentário